A Agilidade de Aprendizado na Era Digital e o Modelo 70/20/10

A Agilidade de Aprendizado na Era Digital e o Modelo 70/20/10

Em um mundo em constante evolução, a maneira como aprendemos e nos adaptamos determina nosso sucesso no ambiente de trabalho. A combinação do modelo de aprendizado 70/20/10 com o conceito de agilidade de aprendizado oferece uma visão profunda de como os profissionais podem se preparar para os desafios da era digital.

O Modelo de Aprendizado 70/20/10: Uma alavanca para o Desenvolvimento Profissional

O modelo 70/20/10 transformou a percepção tradicional do aprendizado. Ele sugere que:

  1. 10% do nosso aprendizado provém de instrução formal, como cursos e workshops.
  2. 20% é derivado de interações sociais, mentorias e feedback de colegas e superiores.
  3. 70% é adquirido através da prática e experiência direta no trabalho.

A questão que surge é: Como você equilibra sua jornada de aprendizado? Em um mundo onde a prática supera a teoria, é essencial refletir sobre onde e como investimos nosso tempo para aprender.

A Era Digital: Disrupção, Habilidades e Pessoas

Estamos na era da disrupção constante. Mudanças que antes levavam décadas agora ocorrem em anos ou até meses. Habilidades que eram consideradas essenciais há uma geração agora têm uma meia vida de menos de cinco anos. Mas, no cerne dessa revolução, não está apenas a tecnologia, mas as pessoas.

A evolução digital destaca a necessidade de investir no desenvolvimento de habilidades, não apenas para se manter atualizado, mas para garantir o futuro da empresa. Afinal, são as pessoas que conduzem a inovação e adaptam as empresas às mudanças.

Agilidade de Aprendizado: O Diferencial na Era Digital

No contexto da rápida evolução digital, surge o conceito de "learning agility" ou agilidade de aprendizado. Refere-se à capacidade de aprender rapidamente a partir de experiências e aplicar esse aprendizado em situações novas e desafiadoras.

Os indivíduos com alta agilidade de aprendizado são curiosos, abertos a feedbacks, resilientes diante de erros e proativos na busca por novas experiências. Eles não apenas acumulam novos conhecimentos, mas também desconstroem paradigmas antigos para abraçar novas perspectivas.

Em um mundo empresarial em constante mudança, a agilidade de aprendizado não é apenas uma habilidade; é um diferencial competitivo. Ela permite que profissionais e organizações se mantenham à frente das mudanças, inovando e adaptando-se continuamente.

Para implementar efetivamente o modelo 70/20/10 e cultivar a agilidade de aprendizado, as organizações podem adotar as seguintes abordagens:

  1. Promover Experiências de Aprendizado no Trabalho: Encoraje projetos interdepartamentais, rotações de funções e tarefas desafiadoras que permitam aos funcionários aprender fazendo.
  2. Estabelecer Programas de Mentoria: Conecte funcionários menos experientes com mentores dentro da organização para facilitar o aprendizado social.
  3. Oferecer Cursos e Workshops: Invista em treinamentos formais que forneçam a base teórica necessária.
  4. Cultivar a Curiosidade: Encoraje uma cultura onde fazer perguntas e buscar novos conhecimentos seja valorizado.
  5. Promover Feedback Contínuo: Estabeleça sistemas de feedback regular para ajudar os funcionários a aprender com seus erros e acertos.

Ao adotar essas práticas, as organizações não apenas promovem o desenvolvimento contínuo, mas também preparam seus funcionários para se adaptar e prosperar em um mundo em constante mudança.

A combinação do modelo 70/20/10 com a agilidade de aprendizado oferece uma estrutura robusta para o desenvolvimento profissional na era digital. Ao abraçar esses conceitos e implementá-los na prática, os profissionais podem se posicionar para o sucesso, enquanto as empresas podem garantir que estão preparadas para o futuro, independentemente dos desafios que ele possa trazer.

Made with